12 junho 2008

Crianças num restaurante

Ontem fui jantar com uns amigos e claro com a minha "cara metade" e a minha "mais que tudo" e uma Senhora ( acho que não deveria a tratar assim) não se quis sentar perto de nós por estar uma criança a gritar ( comentário dela em alto e boa voz), essa criança era a minha filha e ela simplesmente estava a manisfestar a alegria por estar a ver o pai e o tio a voltarem para a mesa.
Fiquei triste por existirem pessoas tão pobres por dentro, lamento...

3 comentários:

Misinha disse...

Tás triste por perceber que existem pessoas aasim, mas Muito Feliz por não ser assim. Cada vez mais, o egoismo e o egocentrismo são dois adjectivos quase "esgotados", pelas pessoas que giram à nossa volta. Lamento, por elas não saberem viver em comunidade.
Um grande beijinho para a tua "mais que tudo" e votos de que continue a ser essa criança FELIZ, porque foi isto que ela demonstrou, a Felicidade que tem dentro de si...

CláudiaVic disse...

Infelizmente há mtas pessoas assim! Ainda qdo saiu a lei do tabaco, o Miguel Sousa Tavares teve um infeliz comentário em directo na TVI, que disse: "Prefiro estar num restaurante levar com o fumo dos outros, do que com os filhos deles!" Mas sabes, que este tipo de "gentinha", esquece-se que são pais e/ou avós e q as crianças são a melhor coisa que existe no mundo!!! E k tb eles, já foram crianças um dia! É de ficar triste, por ouvir um comentário desses, mas esse tipo de "gentinha" o que mais merece é o seu devido desprezo!! E nós como boa gente que somos, mandamos essa "gentinha" para trás das costas, e continuamos a ser como somos, só essa atitude é uma lição para eles!
Bjos e viva a alegria das crianças!

Ana disse...

Obrigada :) beijos